Congresso Nacional CPI da Covid

Renan diz que governo usa PF politicamente para influenciar na CPI da Covid

Ontem, após o presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), falar em "coincidência" de representantes da Precisa Medicamentos se tornarem investigadas pela Polícia Federal antes dos depoimentos à comissão, a corporação divulgou nota defendendo sua atuação no inquérito sobre o processo de compra da vacina Covaxin pelo Ministério da Saúde.

Por Hélder Loureiro Pegado

14/07/2021 às 10:35:24 - Atualizado há

"A Polícia Federal é uma instituição respeitável e eu considero inadmissível que um governo através do Ministério da Justiça queira utilizar politicamente a Polícia Federal", disse Renan à imprensa antes da sessão desta quarta-feira, 14, convocada para ouvir novamente a diretora da Precisa, que intermediou a compra da vacina Covaxin, investigada pela CPI. "O que importa é tomar depoimentos para que tenhamos um rápido esclarecimento dessa roubalheira toda", afirmou o relator.

Ontem, após o presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), falar em "coincidência" de representantes da Precisa Medicamentos se tornarem investigadas pela Polícia Federal antes dos depoimentos à comissão, a corporação divulgou nota defendendo sua atuação no inquérito sobre o processo de compra da vacina Covaxin pelo Ministério da Saúde.

"A CPI se instalou e se criou exatamente porque esses fatos não estavam sendo investigados pela Polícia Federal", afirmou Renan, que reforçou a controvérsia na atuação do órgão. "Isso é uma coisa no mínimo surpreendente, mas essa coincidência que nós estamos levantando aqui, sinceramente, ela não tem explicação."

Fonte: Fohapress
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta