Paraíba Opera Paraíba

Programa Opera Paraíba retoma cirurgias eletivas e prevê mil intervenções entre agosto e outubro

A ação faz parte do programa Opera Paraíba, que tem a meta de zerar a fila de cirurgias eletivas na Paraíba.

Por Hélder Loureiro Pegado

24/07/2021 às 12:06:25 - Atualizado h√°

A Secretaria de Estado da Sa√ļde (SES-PB) ir√° realizar mil cirurgias eletivas em toda Para√≠ba nos próximos tr√™s meses. A programa√ß√£o ter√° in√≠cio j√° na primeira semana de agosto para realiza√ß√£o dos procedimentos em 12 hospitais de todas as regi√Ķes do estado. A a√ß√£o faz parte do programa Opera Para√≠ba, que tem a meta de zerar a fila de cirurgias eletivas na Para√≠ba.

Mais de 6 mil paraibanos sa√≠ram da fila de espera por cirurgias no estado desde o lan√ßamento do programa Opera Para√≠ba, em 2019. O programa havia sido suspenso em fevereiro, devido à grade demanda de interna√ß√£o dos pacientes com Covid-19. "Com a situa√ß√£o mais controlada e a queda no n√ļmero de interna√ß√Ķes, conseguimos retomar o programa j√° para a primeira semana de agosto", explica o secret√°rio de sa√ļde, Geraldo Medeiros.

A programa√ß√£o itinerante inicia no m√™s de agosto contemplando a popula√ß√£o dos munic√≠pios localizados nas 3¬™, 4¬™, 5¬™, 12¬™, 14¬™, 15¬™ regi√Ķes de sa√ļde, ou seja, "ser√£o realizados procedimentos nos hospitais regionais de Queimadas, Picu√≠, Monteiro e Mamanguape", explica Geraldo. J√° no m√™s de setembro, ser√£o os munic√≠pios das 1¬™, 2¬™, 6¬™, 8¬™, 10¬™, 13¬™ e 16¬™ regi√Ķes, com procedimentos nos hospitais de Mamanguape, Pombal, Tapero√°, Sousa e Tapero√°. J√° no m√™s de outubro, fechando o ciclo, os residentes nos munic√≠pios que comp√Ķem as 7¬™, 9¬™, 11¬™ regi√Ķes, com procedimentos realizados nos hospitais de Piancó, Cajazeiras e Tapero√°.

Atualmente, a Para√≠ba tem 20 mil pessoas aguardando por uma cirurgia eletiva, inclusive procedimentos oftalmológicos. Entre os meses de agosto e outubro, ser√£o realizadas mil cirurgias dentro do programa entre procedimentos que contemplam as especialidades de otorrinolaringologia, ginecologia, proctologia e cirurgia geral.

Para que seja poss√≠vel andar com a fila de opera√ß√Ķes, 12 hospitais da Rede Estadual integram a for√ßa-tarefa. J√° a contrapartida dos munic√≠pios consiste na realiza√ß√£o dos exames pré-operatórios e no transporte até a unidade hospitalar onde ser√° realizado o procedimento cir√ļrgico. Para garantir a seguran√ßa dos profissionais envolvidos, bem como dos pacientes que ser√£o beneficiados com o programa, a SES adota protocolos sanit√°rios vigentes dentro do Plano Novo Normal Para√≠ba.

Fonte: Com Secom/PB
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta