Política Caloteiros

Mais de 80% das dívidas das igrejas são de apenas 16 entidades

Entre as 16 super devedoras, nenhuma instituição tem uma dívida menor do que R$ 20 milhões. Os dados são da PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) e foram obtidos pelo portal UOL.

Por Hélder Loureiro Pegado

28/09/2021 às 10:16:21 - Atualizado há

Cerca de 80% de todas as dívidas dos 9.230 grupos evangélicos, católicos, espíritas e islâmicos brasileiros estão concentradas em um grupo de 16 entidades religiosas que devem juntas R$ 1,6 bilhão em impostos.

Entre as 16 super devedoras, nenhuma instituição tem uma dívida menor do que R$ 20 milhões. Os dados são da PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) e foram obtidos pelo portal UOL.

As igrejas não precisam pagar impostos. Mas a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e a contribuição previdenciária precisavam ser pagas. Algumas instituições religiosas tentavam driblar a legislação e são autuadas pela Receita Federal. Elas distribuíam parte da arrecadação entre os principais dirigentes e lideranças sem pagar os tributos obrigatórios.

Em março deste ano o Congresso isentou as igrejas do pagamento da CSLL. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tinha vetado esse projeto porque a área econômica do governo entendeu que ele violava a Lei de Responsabilidade Fiscal. Não vetá-lo poderia implicar em crime de responsabilidade, mas o próprio presidente não apoiou o veto publicamente. À época disse que, se fosse congressista, votaria pela sua derrubada. Com a derrubada do voto acordada, as igrejas ficaram isentas.



A lista de maiores devedores conta com instituições as quais seus pastores ou ministros apoiam Bolsonaro.

Eis a relação das 16 maiores igrejas devedoras de impostos:

  • Instituto Geral Evangélico: dívida de R$ 526,5 milhões;
  • Ação e Distribuição: dívida de R$ 388,4 milhões;
  • Igreja Mundial do Poder de Deus: dívida de R$ 153,6 milhões;
  • Igreja Internacional da Graça de Deus: dívida de R$ 84,9 milhões;
  • Associação das Famílias para a Unificação e Paz Mundial: dívida de R$ 70,5 milhões;
  • Sociedade Vicente Pallotti: dívida de R$ 60,6 milhões;
  • Convenção das Assembleias de Deus Santa Catarina e SO Paraná: dívida de R$ 46,6 milhões;
  • CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus): dívida de R$ 43,8 milhões;
  • Igreja Cristã Apostólica Renascer em Cristo: dívida de R$ 40,9 milhões;
  • Instituto Espírita Nosso Lar (S.J. Rio Preto): dívida de R$ 36,1 milhões;
  • Centro Islâmico do Brasil: dívida de R$ 33,1 milhões;
  • Congregação das Filhas de N.S. do Monte Calvário: dívida de R$ 28,1 milhões;
  • Colégio Batista Alagoano: dívida de R$ 23,7 milhões;
  • Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados: dívida de R$ 22,1 milhões;
  • Junta de Educação Religiosa e Publicações da Convenção Batista Brasileira: dívida de R$ 21,2 milhões; e
  • Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Bahia): dívida de R$ 20,7 milhões.

A 4ª igreja que mais deve, por exemplo, é comanda pelo pastor R.R. Soares. A Igreja Internacional da Graça de Deus já recebeu Bolsonaro em 2020. O missionário também é pai do deputado David Soares (DEM-SP), autor da proposta de isenção do CSLL para igrejas.

Já a 3ª instituição do ranking é a Igreja Mundial do Poder de Deus, do pastor Valdemiro Santiago. Em 2019, o presidente Bolsonaro participou da Marcha para Jesus, em São Paulo, ao lado do pastor. Em agosto do ano passado, o governo também concedeu a Valdemiro e sua mulher passaportes diplomáticos. Mais tarde, a Justiça de São Paulo revogou a decisão.

A medida foi assinada pelo então ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. O passaporte diplomático é concedido a pessoas em "virtude do cargo" e vale por 3 anos. Na prática, o documento facilita o trânsito internacional do portador, que passa por filas separadas nos serviços de imigração e tem facilidade na obtenção de vistos.

O documento também mostra um reconhecimento do governo ao portador. Em 2019, Araújo também assinou portaria autorizando passaportes diplomáticos para R.R. Soares e para Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus.

Fonte: Com Poder360
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta