Paraíba Corrupção

Coordenador do Gaeco na Paraíba critica nova lei de improbidade: "é o desmonte do sistema de combate à corrupção"

A declaração foi dada nesta quinta-feira (30), em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa.

Por Hélder Loureiro Pegado

01/10/2021 às 00:34:32 - Atualizado h√°

O coordenador do Grupo de Atua√ß√£o Especial de Repress√£o ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério P√ļblico da Para√≠ba, promotor Oct√°vio Paulo Neto, criticou a nova lei de improbidade administrativa. Ele considerou como sendo um retrocesso aos avan√ßos no combate aos crimes de corrup√ß√£o. A declara√ß√£o foi dada nesta quinta-feira (30), em entrevista a uma emissora de r√°dio de Jo√£o Pessoa.

"Foi aprovado no Senado a nova lei de improbidade administrativa, isso traz para nós uma profunda tristeza e uma preocupa√ß√£o imensa. Estamos vendo o desmonte de todo o sistema de combate à corrup√ß√£o, e de todos os meios para diminuir os √≠ndices grav√≠ssimos que o Brasil ostenta de desvio de dinheiro p√ļblico. Isso tem v√°rias implica√ß√Ķes em v√°rias ordem, principalmente econômica. Esse processos sist√™micos de corrup√ß√£o impedem a livre concorr√™ncia, e impedem que os pequenos cres√ßam", disse em entrevista ao programa Arapuan Verdade.

Para o promotor, o cen√°rio é de blindagem dos pol√≠ticas para criar barreiras que impe√ßam a aplica√ß√£o de puni√ß√£o e investiga√ß√£o. "O que percebemos é que tem tido uma escalada para blindagem da escalada pol√≠tica. Além da edifica√ß√£o de barreiras grav√≠ssimas. Estamos em um momento preocupante sobre o processo de involu√ß√£o de nossa sociedade e dos meios de controle aos rumos que se quer para o pa√≠s", alertou.

Na vis√£o dele, a lei de improbidade administrativa é um dos grande avan√ßos conquistados no pa√≠s em rela√ß√£o ao combate à corrup√ß√£o e, por isso, as altera√ß√Ķes aprovadas trar√£o retrocessos para todo o sistema e sociedade.

"Me parece que estamos vivendo um processo de edifica√ß√£o de barreiras grav√≠ssimas na √°rea penal, inclusive das organiza√ß√Ķes criminosas violentas. Estamos preocupados com essas inova√ß√Ķes legislativas que só trazem involu√ß√Ķes para a sociedade", destacou.

Por 47 votos a 24, o Senado Federal aprovou na √ļltima quarta-feira (29), o texto-base da proposta da Lei de Improbidade Administrativa. Foi aprovado na C√Ęmara dos Deputados em junho e passou por ajustes com o relatório do senador Weverton Rocha (PDT-MA) para poder avan√ßar. Agora, os senadores analisam destaques que podem alterar o texto.

Fonte: Com ClickPB
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta