Polícia Caso Geffeson Moura

Advogado fala sobre audiência do caso Geffeson Moura: "Disparos foram feitos pelo delegado"

Empresário paraibano foi morto a tiros e a suspeita é que policiais de Sergipe o executaram.

Por Hélder Loureiro Pegado

19/10/2021 às 19:20:01 - Atualizado h√°

Aconteceu nesta terça-feira (19) a audiência de instrução do caso do empresário Geffeson Moura, morto a tiros na cidade de Santa Luzia enquanto seguia para Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. Os acusados de serem os responsáveis pela morte do rapaz são policiais civis do estado de Sergipe, que estariam fazendo uma operação no sertão paraibano.

O advogado Luís Pereira acompanhou de forma remota, de João Pessoa, a audiência que aconteceu na Comarca de Santa Luzia. Ele atua como assistente de acusação. Segundo o advogado, cerca de vinte testemunhas foram arroladas para a audiência. Logo nas primeiras horas, ele relatou que depoimentos importantes para a apuração do caso foram mencionados.

"O julgamento ocorreu na modalidade virtual e a audi√™ncia foi conduzida pelo juiz da Comarca de Santa Luzia. A audi√™ncia poder√° se estender pelo n√ļmero de pessoas a serem ouvidas", informou.

A pris√£o dos suspeitos

A C√Ęmara Criminal do Tribunal de Justi√ßa da Para√≠ba (TJPB) decretou, no dia 24 de agosto desse ano, a pris√£o preventiva dos policiais sergipanos envolvidos na a√ß√£o policial que vitimou o empres√°rio paraibano Geffeson de Moura Gomes. Na sess√£o, ficou estabelecida a pris√£o de Oswaldo Resende Neto, José Alonso de Santana e Gilvan Morais de Oliveira. O caso aconteceu no dia 16 de mar√ßo deste ano.

O Ministério P√ļblico interpôs recurso perante a C√Ęmara Criminal contra decis√£o do Ju√≠zo da Vara √önica de Santa Luzia que denegou o pedido de pris√£o preventiva dos agentes. Eles foram denunciados como incurso nas penas do artigo 121, ¬ß 2¬ļ, incisos I, III e IV e art. 347, caput, do Código Penal c/c art. 20, ¬ß 3¬ļ, artigo 29, caput, e artigo 73, caput, todos do Código Penal e Lei Federal n¬ļ 8.072/1990.

A den√ļncia foi recebida em todos os termos pelo juiz Rossini Amorim Bastos, da Vara √önica de Santa Luzia.

Entenda o caso

O empres√°rio paraibano Geffeson de Moura Gomes, de 32 anos, foi morto na cidade de Santa Luzia (PB) durante uma opera√ß√£o da Pol√≠cia Civil do Estado de Sergipe. De acordo com o delegado Sylvio Rabelo, superintendente da Pol√≠cia Civil da Para√≠ba no Sert√£o e interior, o contato informando sobre o caso só aconteceu após o desfecho.

O corpo do empresário foi deixado no hospital do município de Santa Luzia pelos agentes sergipanos, que foram embora em seguida.

De acordo com informa√ß√Ķes da Pol√≠cia Civil de Sergipe, a opera√ß√£o foi de uma equipe do Departamento de Narcóticos (Denarc) do Estado. A investiga√ß√£o era sobre uma organiza√ß√£o criminosa envolvida com tr√°fico e roubos em Sergipe e que estava na Para√≠ba.

Fonte: Com Portal T5
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta