Polícia Estatística

Quase 30 vítimas de estupro com idades até 14 anos engravidaram na Paraíba em 2021

Manter rela√ß√Ķes sexuais com menores de 14 anos √© considerado estupro de vulner√°vel. Nesse cen√°rio, foram 439 casos at√© setembro de 2020 e 264 em 2021.

Por Hélder Loureiro Pegado

19/10/2021 às 19:41:54 - Atualizado h√°

Pelo menos 29 meninas com idades entre 10 e 14 anos, vítimas de estupro, engravidaram na Paraíba de janeiro a setembro de 2021, de acordo com um levantamento de casos notificados pela Secretaria de Estado da Educação (SES).

A quantidade notificada de casos na mesma faixa et√°ria no ano passado é a mesma. Outras 29 garotas v√≠timas de estupro também engravidaram em 2020.

A SES não soube informar se os estupros resultaram nos casos de gravidez ou se as vítimas foram estupradas durante ou depois da gestação.

Um caso semelhante, mas que aconteceu h√° quatro anos, é o da adolescente que foi estuprada e engravidou do padrasto em 2017, quando tinha apenas 11 anos. A gesta√ß√£o só foi descoberta aos cinco meses, por meio de uma ultrassonografia, quando a crian√ßa foi levada pela avó para um posto de sa√ļde.

No √ļltimo domingo (17), a adolescente tentou matar o filho em um abrigo de Jo√£o Pessoa. Nesta ter√ßa-feira (19), ela disse que pensou que se o filho n√£o existisse, a dor que sentia iria desaparecer.

O n√ļmero pode ser ainda maior se o total de meninas gr√°vidas, com idades entre 10 e 14 anos, for considerado. Isso, porque para o código penal, manter conjun√ß√£o carnal ou ato libidinoso com menores de 14 anos configura o crime de estupro de vulner√°vel.

Nesse sentido, até setembro do ano passado, foram 439 registros de gravidez entre meninas de 10 e 14 anos. J√° em 2021, foram 264 notifica√ß√Ķes no mesmo per√≠odo.

Em nenhuma das situa√ß√Ķes - estupros notificados e estupros de vulner√°veis no geral - foram registrados casos de gravidez em pessoas com menos de 10 anos.

A secretaria também n√£o soube indicar a quantidade de abortos que foram permitidos para v√≠timas nessa faixa et√°ria em unidades de sa√ļde paraibanas e nem quantas gesta√ß√Ķes foram identificadas de forma tardia.

Fonte: Com G1/PB e TV Cabo Branco
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2021 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta