Paraíba 'Alô Saúde'

Mais de 300 atendimentos são realizados em uma semana pelo plantão médico telefônico da Paraíba

Serviço foi disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), desde o dia 6 de janeiro, para tirar dúvidas de quem está com sintomas gripais.

Por Hélder Loureiro Pegado

12/01/2022 às 21:41:49 - Atualizado há

Mais de 300 atendimentos foram realizados em uma semana pelo plantão médico telefônico da Paraíba. O serviço foi disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), desde o dia 6 de janeiro, para tirar dúvidas de quem está com sintomas gripais. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira (12).

De acordo com a SES, a iniciativa liderada pela Escola de Saúde Pública da Paraíba (ESP-PB) e Hospital de Clínicas de Campina Grande, registrou uma média de 70 atendimentos por dia. Foram 350 atendimentos no total. Desses, 76% apresentaram sintomas leves de síndrome gripal e foram orientados a ficarem em casa, os demais entraram em contato para solucionar dúvidas.

Com relação aos sintomas, as mulheres representam 60% das ligações. No total, 63% dos usuários são de João Pessoa, 17% de Campina Grande e as demais ligações foram feitas de outras 39 cidades.

O serviço

O serviço funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Quem precisar do suporte deve ligar para o número (83) 3211-9844 e será atendido por médicos que darão as orientações sobre as condutas necessárias ou qual serviço de saúde que deverá ser procurado, caso seja necessário.

Durante o contato inicial, é feito o registro do nome, profissão e dados pessoais gerais do usuário. Em seguida, a pessoa é questionada sobre o principal intuito da ligação, seja para esclarecer alguma dúvida ou se apresenta sintomas gripais. O atendimento pode ser solicitado em todo o estado.

Ao final do atendimento, o usuário faz uma avaliação do serviço. Conforme o diretor da ESP-PB, Felipe Proenço, 95% afirmaram que a dúvida foi respondida e 99% deu nota 10 para o serviço telefônico.


O objetivo do serviço 'Alô Saúde' é tirar dúvidas relacionadas às doenças que apresentem sintomas gripais e evitar que a população se dirija aos serviços de referência em busca dessas orientações.

Dessa forma, os usuários poderão ter as informações necessárias em casa e a procura por atendimento médico presencial será indicada apenas para os casos de maior risco ou mais graves, evitando as longas filas de espera e aglomerações nos serviços de saúde.

O serviço pode, ainda, ser ampliado para outros procedimentos, sintomas e relativos a outras doenças. Porém, não se sabe ainda como será realizada essa mudança.

Fonte: Com G1/PB
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2022 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta