Futebol Árbitros

Ranielle sai em defesa da arbitragem local, que está fora da final do Paraibano, mas aprova VAR na decisão

Técnico do Campinense afirmou que árbitros paraibanos mereciam ter a vivencia de trabalhar com o respaldo do var, e trabalhar nos jogos da final do estadual, afinal, eles estiveram em toda a competição.

Por Hélder Loureiro Pegado

13/05/2022 às 18:42:41 - Atualizado há

As duas partidas da final do Campeonato Paraibano Pixbet 2022 terá árbitragem FIFA e VAR, após solicitação feita pela Federação PAraibana de Futebol (FPF-PB) à Confederação Paraibana de Futebol (CBF). O sorteio e divulgação da escala de arbitragem deve acontecer ainda nesta quinta-feira. Envolvido nos jogos, o técnico do Campinense, Ranielle Ribeiro, aprovou a possibilidade de árbitro de vídeo nos confrontos, mas saiu em defesa da arbitragem paraibana, afirmando que eles mereciam vivenciar os dois jogos mais importantes do campeonato.

O Campinense está em reta final de preparação para a primeira partida da final do Paraibano, e na última quarta-feira foi realizado o último treino com portões abertos para a impressa e a torcida, no Renatão. Na ocasião, o técnico Ranielle Ribeiro concedeu a última entrevista antes do jogo, e tocou no ponto da solicitação da arbitragem FIFA e do VAR para os dois jogos. O técnico saiu em defesa dos árbitros da Paraíba, que vivenciam a competição desde o início.

"Acho que só a solicitação do VAR seria de bom tamanho, e que os árbitros aqui da Paraíba tivessem mais oportunidades de vivenciar também essa decisão. São eles que ralam em todos os jogos, que vão para Cajazeiras, que vão para Patos, para tudo quanto é lugar e, na hora do bom, eles infelizmente foram excluídos, eu vejo dessa forma. Eu estou sendo prejudicado nos jogos não por árbitros da Paraíba, mas por outros árbitros de fora, que também podem errar", disse o técnico.


Já sobre o árbitro de vídeo para os dois jogos, Ranielle apoiou a iniciativa, e seguiu falando sobre os árbitros do quadro da FPF-PB, lamentando que eles estão perdendo a oportunidade de uma nova experiência, que é ter o respaldo do VAR.

"Mas eu vejo de suma importância o VAR, porque o VAR vai dar o respaldo para o árbitro, se ele acertou ou não, e se ele não acertou, vai ter mais uma oportunidade de reavaliação do lance. Eu falo de coração, fico triste pelos árbitros da Paraíba, porque eles precisavam dessa vivência também, porque eles fazem parte do processo de todo o campeonato", finalizou o técnico.

Nesta quinta-feira o Campinense realiza um treino tático no Estádio Amigão, e na manhã da sexta-feira finaliza a preparação para o primeiro jogo da final do estadual, com um recreativo, no Renatão. Belo e Raposa duelam neste sábado, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, às 16h.

Fonte: Com Jornal da Paraíba
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2022 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta