Vale do Piancó Clima Quente

Azedou: Exoneração de secretária de Educação racha grupo do prefeito Samuel Lacerda

Para o grupo, a decisão do prefeito Samuel Lacerda foi orquestrada pelo seu tio, o ex-prefeito de Conceição, Nilson Lacerda.

Por Hélder Loureiro Pegado

01/06/2022 às 10:36:06 - Atualizado há

Caiu como uma bomba a exoneração da secretária de Educação do município de Conceição, Sertão paraibano, Telma Regina, ato assinado e publicado na edição eletrônica da Famup, nesta quarta-feira (1). Para o cargo, o gestor nomeou, interinamente, Francisco de Assis Palitot Neto, que ocupava a função de secretário executivo da pasta.

No último dia 17 de maio, Samuel realizou outra mudança no primeiro escalão de seu governo: trocou Ingrid Dantas do cargo de secretária executiva de Saúde e nomeou o odontólogo Jussiê Lopes Lacerda para o posto.

Com a mudança da titular da pasta da educação, quem não digeriu bem a mudança foi uma boa parte do grupo político do prefeito, que questiona a autonomia do chefe do poder Executivo municipal, quando alega que a mudança aconteceu devido a pressão de sua base na Câmara de Vereadores". Telma Regina é ligada ao grupo do empresário Landinho Ponciano, que não engoliu a justificativa.

Para o grupo, a decisão do prefeito Samuel Lacerda foi orquestrada pelo seu tio, o ex-prefeito de Conceição, Nilson Lacerda, como retaliação ao engenheiro Landinho Ponciano por ter anunciado, recentemente, apoio ao pré-candidato Romero Rodrigues, que disputa uma vaga na Câmara dos Deputados na eleição desse ano.

"Infelizmente, o ex-prefeito Nildon Lacerda, a quem considero como grande amigo, sequer me ligou para tratar sobre o assunto ou comunicar a exoneração da ex-secretária. O pior de tudo é que usam a desculpa da pressão dos vereadores para demitirem Telma", lamentou Ponciano.

"Se ele exonera em nome dos vereadores, por pressão da base aliada, então, quem administra a cidade: são os parlamentares ou o prefeito?", questionou indignado Landinho.

Após a exoneração, a ex-secretária de Educação, Telma Regina, divulgou vídeo nas redes sociais lamentando a postura do prefeito e informando a sociedade de Conceição sobre o caso.

Ainda de acordo Bruno Leite Campos, que também faz parte do grupo de Landinho Ponciano, tudo o que aconteceu é lamentável, pois sequer ninguém recebeu uma mensagem via whatsapp para falar de alguma reunião que tenha acontecido e sobre o fato concreto da exoneração da ex-gestora da educação.


"Mas essa postura do ex-prefeito de Conceição não me surpreende: ele tem o hábito de trair aliados e prestigiar adversários. É muito lamentável a postura do atual prefeito e do seu tio, Nilson Lacerda", desabafou Bruno.

Diante do fato, todo o grupo político de Landinho Ponciano não ficou satisfeito com a tomada de decisão de Samuel Lacerda e, ao que tudo indica, um 'racha no grupo está formado', uma vez que todos se engajaram na última eleição municipal, quando apoiaram e trabalharam para a vitória do atual prefeito de Conceição.

Ainda inconformado com a situação, Bruno acusou o grupo de Samuel e Nilson de usarem a gestão apenas para fazer política. "A gestão deles é pautada pela política de interesses menores; eles não avaliam a capacidade técnica, nem a qualificação dos seus aliados. Assim, não temos como pensar numa Conceição de futuro com esse tipo de gestores, com mentes atrasadas", ressaltou.

Fonte: Redação, com Central do Vale
Comunicar erro
Paraiba Em Pauta

© 2022 Paraíba Em Pauta - Jornalismo Plural, de Interesse Público! Todos os direitos reservados à Pauta Comunicação & Assessoria.
Rua Vigário Calixto, 1754, Catolé, Campina Grande, Paraíba, Brasil.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Paraiba Em Pauta